Como solicitar aposentadoria pela internet em 5 etapas

Como solicitar aposentadoria pela internet em 5 etapas

Um guia passo a passo de como solicitar aposentadoria pela internet. Aprenda agora como pedir seu benefício previdenciário.

Nos últimos anos, vimos empresas de todos os tamanhos migrarem para o meio digital como estratégia de estar mais acessível para o cliente. A internet é vista como uma oportunidade que não pode mais ser desprezada.

Com a administração pública essa afirmação continua válida. Ainda que órgãos e entidades públicas não visem obter lucro, é inegável que prestar serviços de forma online traz mais benefícios para os usuários.

Por exemplo: o judiciário investiu fortemente para viabilizar o processo eletrônico, o qual pode ser acessado de qualquer dispositivo conectado à internet.

Assim, é possível ajuizar uma ação e acompanhá-la de qualquer lugar do mundo! É uma mão na roda, não é mesmo?

Isso também ocorreu com a Previdência Social, que atualmente disponibiliza o Portal Meu INSS.

Trata-se de uma ferramenta em que o segurado pode simular a aposentadoria, solicitar benefícios previdenciários, acompanhar o processo, juntar documentos entre outros serviços.

Neste post, você vai aprender como pedir a aposentadoria pela internet em 5 passos simples. Então, pegue seu bloquinho de papel e uma caneta para anotar tudo.

1. Aprenda sobre o benefício

O primeira trabalho que você deve se ocupar é aprender sobre o tipo de aposentadoria mais adequado para o seu caso. De nada adianta juntar documentos quando não se sabe qual é o benefício que você deve pedir.

Fazer o pedido do benefício incorreto pode resultar em prejuízo de algumas dezenas de milhares de reais.

Isso acontece porque não é possível recorrer de pedido incorreto. Assim, você perderá todo o dinheiro que poderia receber contado da entrada do pedido até a decisão final.

Então, aqui vai uma dica de ouro: o blog da Advocacia Alves publica conteúdos ricos de informações relevantes sobre as aposentadorias.

Esses conteúdos estão sempre atualizados com as mais recentes decisões e entendimento do INSS e Poder Judiciário.

Faça uma busca no site e leia o post relacionado do início ao fim. Conhecendo seus direito a fundo é mais garantia de que o seu benefício será concedido!

Você pode se interessar por estes outros conteúdos:

👉 O que é aposentadoria por idade urbana: tudo que você precisa saber
👉 Aposentadoria por idade rural
👉 Aposentadoria por tempo de contribuição
👉 Aposentadoria especial: saiba como se aposentar mais cedo e com o valor de benefício maior
👉 Aposentadoria da pessoa com deficiência: tudo o que você precisa saber

Se você não estiver seguro do que esteja fazendo, o que é absolutamente normal considerando que a legislação previdenciária é muito extensa, converse com um profissional qualificado.

Ele poderá realizar uma análise minuciosa e indicar o melhor caminho para você se aposentar mais cedo e com o valor de benefício maior.

2. Reúna os documentos necessários

Depois de estar craque no tipo de aposentadoria adequado ao seu caso, você deve reunir os documentos necessários para comprovar o seu direito à aposentadoria.

Cada tipo de aposentadoria exige documentos específicos, alguns mais simples de serem conseguidos, outros nem tanto.

Como você aprendeu tudo sobre a sua aposentadoria aqui no blog, não terá dificuldade em saber os documentos necessários para ter o benefício concedido.

Mas eu vou te dar algumas dicas.

Documentos de identificação e carteira de trabalho devem sempre ser apresentados ao INSS.

Se a sua aposentadoria estiver relacionada com alguma incapacidade, doença ou acidente, é fundamental reunir documentos médicos, que comprovem e atestem o problema médico que você ostenta.

Na minha experiência, o documento que costuma dar mais dor de cabeça é o Perfil Profissiográfico Previdenciário – PPP.

Esse documento é utilizado nas aposentadorias especiais, uma modalidade de benefício mais vantajosa para as pessoas que trabalharam em ambientes insalubres ou perigosos.

Na maioria das vezes, o PPP é preenchido de forma incorreta, acarretando no indeferimento da aposentadoria pelo INSS. Assim, antes de fazer o pedido, converse com a empresa para que ela retifique o documento.

3. Faça o cadastro no Meu INSS

Página Inicial Meu INSS - Advocacia Alves

Com os documentos em mãos, acesse o portal Meu INSS. Logo que a página abrir, clique no desenho de uma cabeça no canto superior direito. Uma nova janela será aberta, na qual você deverá preencher com os seus dados e responder algumas perguntas.

No final do procedimento, você receberá uma senha provisória, com a qual você terá acesso aos serviços do portal. Logo que entrar no sistema, será necessário cadastrar uma nova senha. Escolhe uma senha fácil e anote-a, você precisará dela futuramente.

A dificuldade mais comum nesse passo é errar as respostas das perguntas. Se isso acontecer, você deverá esperar 24 horas para efetuar uma nova tentativa.

Também há a opção de realizar esse procedimento por meio do aplicativo do Meu INSS, disponível para celulares android e Iphone.

Pronto! Agora você já poderá usufruir dos serviços do INSS!

4. Realize o requerimento da aposentadoria

No lado esquerdo, clique sobre o botão “Agendamentos/Requerimento” e, em seguida, sobre a opção “NOVO REQUERIMENTO”. Na seguinte tela, é mais fácil digitar o tipo de aposentadoria que deseja no campo de busca.

Agendamento e requerimento de aposentadoria pela internet - Advocacia Alves

Algumas opções aparecerão na tela, clique sobre aquela que você esteja procurando. Na sequência, preencha os dados solicitados.

Aprenda como solicitar a aposentadoria pela internet - Advocacia Alves

A partir deste ponto, o procedimento varia conforme a opção escolhida. Mas não precisa entrar em pânico, é só seguir os passos do sistema, respondendo e preenchendo as informações solicitadas.

Ufa, estamos quase chegando ao fim, faltam poucos passos para você alcançar o seu objetivo.

5. Anexe os documentos no requerimento

Em algum momento serão exigidos seus documentos, como neste exemplo de pedido de aposentadoria por tempo de contribuição:

Documentos necessários para pedir a aposentadoria por tempo de contribuição - Advocacia Alves

Ao clicar em algum dos botões, abrirá uma janela para que você escolher o documento a ser anexado. É importante lembrar que arquivos devem estar digitalizados coloridos em boa qualidade e salvos em formato PDF.

Dica de ouro: se você não possui uma digitalizadora, fotografe os documentos de forma que todo o conteúdo dele apareça na imagem. Em seguida, converta a foto para o formato PDF. Existem diversas sites na internet que realizam a conversão de forma gratuita.

Ao final, será gerado um comprovante do requerimento, salve-o no seu computador para comprovar de que você realmente finalizou o procedimento.

Agora é só aguardar a decisão do INSS. Você pode consultar o andamento do seu pedido pela aba “Agendamentos/Requerimentos”.  Haverá um quadrado com as informações do seu pedido, basta clicar sobre ele para acessar os detalhes do andamento.

Pronto, agora você já sabe pedir a aposentadoria pela internet e sabe tudo o que é necessário para dominar o portal Meu INSS.

Mas, se você não se sente seguro em solicitar a aposentadoria por conta própria, contrate um advogado especialista no assunto.

Contratar advogado online

Gostou do conteúdo? Não esqueça de clicar no ❤️ pois é muito importante pra gente!

Dica quente: o que você pensa de saber tudo sobre o INSS, desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria?

Uma alternativa rápida e eficaz para isso é o curso INSS na prática: Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. Saiba mais sobre o curso.

Publicações relacionadas

Deixe um comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.