Qual é a diferença entre laudo técnico, parecer, atestado, prontuário e relatório médico?

Qual é a diferença entre laudo técnico, parecer, atestado, prontuário e relatório médico?

Atualizado em 06/07/2019

Para a concessão de um benefício por incapacidade (auxílio-doença, auxílio-acidente e aposentadoria por invalidez), é essencial a produção de uma prova técnica.

Assim, para demonstrar a incapacidade perante o INSS ou o judiciário,  podem ser utilizados diversos tipos de documentos: laudo técnico, parecer, prontuário, relatório médico ou, ainda, um atestado.

Esses são os documentos aptos a demonstrar a incapacidade, sem os quais o pedido do benefício certamente será negado.

Mas afinal, você sabe a diferença entre eles?

Laudo técnico ou laudo pericial

O laudo técnico é o documento de confecção exclusiva de um perito, quer seja do INSS, quer seja nomeado pelo Juízo.

Portanto, está tecnicamente incorreto pedir um laudo técnico para um médico da rede pública de saúde, por exemplo, já que não é o profissional adequado para a essa função.

O perito/especialista, profissional legalmente habilitado, produz seu relato segundo conhecimentos especiais e impressões que teve sobre o que ou quem examinou.

Em regra, o perito/especialista deve produzir o laudo técnico isento de qualquer interesse na causa.

Seu trabalho deve estar fundamento em provas e argumentos robustos, a fim de corroborar a imparcialidade que se espera do profissional.

Parecer médico

O parecer é o documento emitido por um médico assistencialista. Normalmente, os profissionais da saúde cobram para realizar esse serviço, mas pode ser gratuito também.

Ele representa a opinião técnica do profissional , devidamente embasada em provas e argumentos bem estruturados.

Atestado médico

Assim como no documento supracitado, o atestado médico é o documento emitido por um médico assistencialista.

Sua principal diferença é que ele atesta um estado momentâneo, isto é, limita-se em afirmar que um paciente possui determinada enfermidade em tal época, sem se aprofundar.

Outra diferença é que o atestado médico não pode ser remunerado, sendo sua emissão obrigatoriamente gratuita.

Em uma situação de contratação de médico particular, o valor pago ao profissional corresponde ao serviço prestado (consulta), e o atestado médico é uma decorrência do serviço.

Relatório médico

Documento que não é visto com frequência pela população, o relatório médico também é fornecido por um médico assistencialista.

Diferente do atestado, esse tipo de documento representa o cenário da enfermidade do paciente.

Em outras palavras, o relatório pode conter informações de quando o paciente iniciou o tratamento, quais foram os tratamentos empregados, os medicamentos receitados, a evolução prognóstica, o diagnóstico, etc.

Todas essas informações são relacionadas e associadas no documento, representado uma história do paciente com a enfermidade.

Pela quantidade de informações, é preferível utilizar o relatório ao atestado médico para requerer um benefício previdenciário por incapacidade, pois fornece maiores subsídios para entender a situação do segurado.

Prontuário

O prontuário também é um documento emitido pelo médico assistencialista.

Sua principal característica é apresentar as informações da patologia constatada, medicamentos receitados, cirurgia realizada etc.

Pelo que se percebe, é muito semelhante ao relatório, mas eles tem uma diferença.

Enquanto o relatório médico apresenta uma “história” do paciente com sua enfermidade (com início, meio e fim), o prontuário não concatena as ideias.

Em resumo,  limita-se a registrar as informações do paciente e a terapia empregada para aquela situação.

Resumo de quem pode emitir os documentos

Laudo pericial, relatório, parecer, atestado e prontuário

Conclusão

Entender a diferença entre os documentos médicos é relevante para saber qual deles apresentar como prova em um pedido de benefício incapacitante.

Agora que você já domina os documentos, resta aprender sobre os benefícios incapacitantes, para não correr o risco de ter o seu benefício negado.

Aprenda sobre o Auxílio-Acidente: como ganhar uma renda extra todos os meses e sobre o Auxílio-doença: como ser remunerado pelo INSS enquanto se recupera de uma doença ou lesão.

Publicações relacionadas

Como pagar INSS atrasado (2019)

Como pagar INSS atrasado (2019)

É muito comum os trabalhadores não terem contribuído com a Previdência Social por algum período e, posteriormente, pensam em pagar o INSS atrasado...

Deixe um comentário

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.